Eu tive um sonho…

Eu tive um sonho…

Eu tive um sonho…

“Eu Tive Um Sonho…

Um sonho inteiramente baseado na realidade social, política, económica e cultural do mundo e do nosso país.
Um sonho em que todos os males do nosso tempo seriam eliminados, que os homens e mulheres seriam mais felizes, que as crianças e os jovens viveriam cheios de esperança e que o amanhã já não seria visto como fonte de preocupação, angústia e ansiedade, mas sim como uma certeza de que tudo poderia terminar bem.
Sonho caracterizado pela existência de uma sociedade saudável e optimista. Sociedade esta que só pode existir, se ela for fruto da EDUCAÇÃO.

Sonhei que vivia num país em que se acreditava que a EDUCAÇÃO era prioridade e urgente, que a construção de um futuro melhor, com pessoas mais saudáveis e felizes, não se podia fazer sem passar por ela.

Sonhei com uma educação promovida que se preocupava realmente com a busca do conhecimento. Conhecimentos que poderiam ser aplicados para resolver os reais problemas do mundo e das pessoas.

O meu sonho é viver numa sociedade que promova uma educação integral, capaz de desenvolver todas as dimensões do ser humano.

O meu sonho é de que a educação não seja voltada aos lucros e à competição. Desejo uma educação que promova a cooperação, a solidariedade, enfim…uma educação inclusiva, pois, ninguém tem o direito a ser feliz sozinho.

Necessitamos uma educação que promova os valores sociais, Morais e culturais, a fim de construirmos uma sociedade mais humana, mais justa e fraterna. Uma educação capaz de formar mulheres e homens comprometidos com o futuro da humanidade e do país, deixando de lado os “egos” e “bolsos” e colocando a dimensão social à frente da material.

Sonhei que, no país em que vivia, a educação pudesse formar indivíduos capazes de lutar contra todas as formas de opressão e injustiças, como a pobreza, a fome, o racismo, a misoginia e o machismo, a homofobia, a intolerância religiosa e política e demais formas de discriminação.

Desejo uma educação que forme homens e mulheres com consciência crítica, que saibam questionar-se e questionar a realidade que se lhes apresenta.
Na verdade, sonho com uma educação que possa promover indivíduos assertivos, que saibam dizer sim e não quando necessário, e que não são meros espectadores e marionetes de qualquer sistema.

Sonho com uma educação que promova a cultura do encontro e não apenas a da conectividade…uma educação que lembre às pessoas que os contactos offline jamais serão substituídos, que apele para o valor dos sorrisos sem filtros (redes sociais), do abraço, das carícias e do contacto real.

Sonho com uma educação capaz de despertar os sentimentos patrióticos adormecidos no coração de cada Angolano… uma educação que promova o amor às nossas culturas e tradições, às nossas origens, línguas, ao nosso passado…uma educação que nos liberte de toda a alienação, quer política, religiosa e, sobretudo, cultural.

Enfim, o meu sonho é de viver num país que promova a construção de um mundo melhor, com pessoas mais felizes e realizadas, cheias de optimismo e esperança.
Você sabia que um mundo assim, acima descrito, pode existir?
Pode existir, sim, se as pessoas quiserem. E quando existir -se algum dia chegar a existir- será um mundo maravilhoso, mais glorioso e feliz, mais rico em imaginação e em alegrias do que qualquer outro jamais conhecido.
Este é o mundo de que me refiro, sonho e desejo.
Você também o deseja?!”

 

Adriano Calimi
Professor de EMC – I Ciclo

Deixe um comentário

eleven − seven =

Create Account



Log In Your Account



Translate »